Pablo Neruda, Neruda, Chile, Parral, literatura, Poesia,

   
  Pablo Neruda o poeta do mar
  1964 - 1973
 
1964     
Manuel Rojas, Dr. San Martín, Pablo Neruda,
Fernando Alegría, Gonzalo Rojas, Talcahuano 1964.

Raúl Silva Castro, crítico e Acadêmico, publica Pablo Neruda, extenso livro biográfico e crítico. A Biblioteca Nacional do Chile comemora o sexagéssimo aniversário do poeta. Palavras do diretor, don Guillermo Feliú Cruz, ao iniciar o ciclo nerudiano. Pablo Neruda: Cómo veo mi propia obra. Conferencias de Fernando Alegría, Mario Rodríguez, Hernán Loyola, Hugo Montes, Nelson Osorio, Luis Sánchez Latorre, Volodia Teitelboim,Manuel Rojas, Jaime Giordano e Federico Schop. Publican números dedicados a Neruda as seguintes revistas chilenas: «Alerce», «Aurora» e «Mapocho». 12 de julho: É publicado Memorial de Isla Negra, 5 temas com títulos diversos, editorial Losada. 9 de septembro: É publicado sua tradução de Romeo e Julieta, de William Shakespeare, Editorial Losada. El ITUCH abre esta tradução em Santiago. Pablo Neruda trabalha intensamente na campanha presidencial percorrendo o país de norte a sul.

1965

Fevereiro: viaja à Europa. Junho: É otorgado o título de Doctor honoris causa em Filosofía e Letras da Universidade de Oxford, título que dado pela primeira vez a um sulamericano. Julho: vive em París. Depois viaja à Hungría, onde em colaboração com Miguel Ángel Asturias escriee Comiendo en Hungría, livro que será publicado em cinco idiomas simultáneamente. Assiste à reunião do PEN Club, em Bled (Yugoslavia), ao Congresso de Paz de Helsinki (Finlandia). Viaja à URSS como jurado do Prêmio Lenin, que otorga o poeta Rafael Alberti. Dezembro: passa por Buenos Aires uns días, regressa ao Chile.

 

1966

Manuel Rojas, Dr. San Martín, Pablo Neruda,
Fernando Alegría, Gonzalo Rojas, Talcahuano 1964.





Junho:

Viaja aos Estados Unidos como convidado de honra à reunião do Pen Club. Dá recitais em Nova York, é apresentado
por Archibald 
Mac Leish, decano dos poetas americanos; en Washington y Berkeley; grava para à Biblioteca do Congresso de Washington. Viaja depois ao México, onde dá recitais na Universidad; ao Peru, recital no Teatro Municipal, na Universidade de San Marcos e a Universidad de Ingeniería; recital en Arequipa. A pedido de la Asociación de Escritores peruanos, que preside Ciro Alegría, é condecorado com o Sol do Peru. Louis Aragón publica Elégie á Pablo Neruda, Gallimard. Emir Rodríguez Monegal, El viajero inmóvil, editorial Losada.

28 de outubro: legaliza no Chile seu matrimonho com Matilde Urrutia, celebrado antes no estrangeiro. É publicado Arte de pájaros, edição privada, pela Sociedad de Amigos del Arte Contemporáneo, ilustrada por Antúnez, Herrera, Carreño y Toral. Audições semanais de radio e leitura de sua poesía (10 audições). Agosto: recebe o prêmio especial «Atenea», da Universidad de Concepción, por toda sua obra literária.

 

1967

Viaja pela Europa. Julho: recebe o prêmio literário internacional de Viareggio (Italia). Edições: Obras Completas, segunda edição, dois volumes, Losada, Buenos Aires, Fulgor y muerte de Joaquín Murieta, Editorial Zig-Zag, Santiago de Chile, La barcarola, editorial Losada. Outubro: Abre, en el teatro Antonio Varas, Fulgor y muerte de Joaquín Murieta, pelo elenco do ITUCH, com a direção de Pedro Orthous.

1968

Publica Las manos del día, Losada, Argentina. Fevereiro: viaja ao Uruguai e dá uma conferencia no paraninfo da Facultade de Arquitetura (Montevideo).Abril: recebe a Condecoração Joliot Curie. Maio: é designado Membro honorário da Academia Norteamericana de Artes e Letras e do Instituto Nacional de Artes e Letras. Dá um recital na  Universidad de Caracas. Regressa ao Chile e começa a colaborar como colunista da revista "Ercilla", de Santiago (1968-1970).

 


1969

Publica Comiendo en Hungría, escrito em colaboração com Miguel Ángel Asturias, editorial Corvina, de Budapest e Lumen, de Barcelona. Fin de mundo, edição privada da Sociedad de Arte Contemporáneo, Santiago de Chile. Aún, editorial Nascimento, de Santiago de Chile. Sumario (livro onde nasce la lluvia de Memorial de Isla Negra), edição privada de Librería Studio, de Santiago de Chile. La copa de sangre, editorial A. Tallone, Alpignano, Italia. Maio: é designado Membro da Academia Chilena da Lingua. Agosto: a Universidad Católica de Chile o declara Doctor Scientiae et Honoris Causa. Setembro: o Senado da República do Chile o condecora com medalha de plata que otorga os filhos ilustres do Chile. Setembro 3: é designado precandidato à presidencia da República pelo Partido Comunista chileno.


1970

Janeiro: renuncia a sua candidatura presidencial para conquistar o nome de um candidato único dos partidos populares chilenos (doutor Salvador Allende). Abril: viaja à Europa. Maio: assiste a estrea de sua obra teatral Fulgor y muerte de Joaquín Murieta, em el Piccolo Teatro de Milão. Dá um recital na Sorbonne, França. Publica: Veinte poemas de amor y una canción desesperada, na editoa Lord Cochrane, de Santiago de Chile, edição de luxo com ilustrações de Mario Toral; La espada encendida, editora Losada, Buenos Aires; Maremoto, edição privada da Sociedad de Arte Contemporáneo de Santiago do Chile; Las piedras del cielo, Losada, Buenos Aires

1971
Janeiro 7: viaja à Isla de Pascua, com diretores e técnicos do canal 13 de televisão chileno para filmar alí cenas do documentério «Historia y geografía de Pablo Neruda» que depois passará por esse canal a meiados do ano.

Enero 21: O Senado chileno aprova sua designação como Embaixador do Chile na França. Viaja a este país no mês de março, passando antes uma semana na cidade de Buenos Aires. 21 de outubro: lhe é concedido o Prêmio Nobel de Literatura. Viaja a Estocolmo para recebe-lo e dalí a Polônia para estrea de Joaquín Murieta. Dezembro 7: inaugura sua casa La Manquel.

1972
Embaixador em París. Viaja à URSS. No mês de março publica Losada seu livro Geografía infructuosa. Em 28 de outubro é nomeado Membro do Conselho Consultivo da Unesco, elegido pela Conferencia General, por um período de quatro anos. No mês de novembro viaja ao Chile. Homenajem do povo chileno no Estádio Nacional.

1973

Em 5 de fevereiro renuncia à embaixada em París comunicando ao presidente Salvador Allende quando este vai a visitá-lo em sua casa em Isla Negra. Depois trocam cartas. Em 18 de fevereiro publica seu libro Incitación al nixonicidio y alabanza de la revolución chilena, que é vendido pelas ruas de Santiago. Em 11 de setembro morre Salvador Allende em um Golpe de Estado que durou no poder até 1990.

Em 23 de setembro morre Pablo Neruda na clínica Santa María, em Santiago de Chile.

 


 
  Hoy habia 3 visitantes (17 clics a subpáginas) ¡Aqui en esta página!  
 
=> ¿Desea una página web gratis? Pues, haz clic aquí! <=