Pablo Neruda, Neruda, Chile, Parral, literatura, Poesia,

   
  Pablo Neruda o poeta do mar
  1914 -1923
 

 





1917


Em 18 de julho é publicada no jornal "A Manhã", Temuco um artigo intitulado "Entusiasmo e perseverança," Assina Reyes Naphtali.  Esta é a primeira publicação do poeta.

1918 

Em 30 de novembro é publicado na revista 'Run-Fly ", em Santiago, No. 566, o poema" Meus olhos ", assinada por Naphtali Reyes.  No decorrer do ano são mais três poemas na mesma revista, outros são publicados em revistas literárias dos estudantes em Temuco,

 1919 

Pablo Neruda publica treze poesías em «Corre-Vuela» durante o ano. Colabora em «Selva Oscura»,

de Temuco. Publica em revistas de Chillán y Valdivia. Emplega diversos seudónimos. Participa nos jogos florais del Maule com seu poema «Nocturno ideal» e obtem o terceiro premio. O jurado estuve composto por Aníbal Jara, Domingo Melfi e Alberto Menéndez. O primeiro premio foi para Abel González, e o segundo, Aída Moreno Lagos.


 1920 
Em outubro finalmente adota o pseudônimo Pablo Neruda para suas publicações.
 em 28 de Novembro Ganha o primeiro prémio no Festival da Primavera de Temuco. Nesse mesmo ano ele foi presidente do Ateneo Literario del Liceo  e prosecretario Associação dos Estudantes Cautín. . Prepara dois livros: A ilha O cansaço estranho e inútil, que não publica. Parte destes livros integram o Crepusculario


 
  Hoy habia 2 visitantes (17 clics a subpáginas) ¡Aqui en esta página!  
 
=> ¿Desea una página web gratis? Pues, haz clic aquí! <=